Incorporated – 1×06 Sweating the Assets

8 de janeiro de 2017 Por:

Neste episódio a narrativa foca em Laura e seu trauma na Zona Vermelha. Tudo aconteceu quando ela ia fazer uma festa do outro lado, quando ela ainda se dava bem com a mãe. Para além disso, o sexto episódio de Incorporated amplia a nossa compreensão do mundo distópico em que a história se passa.

Incorporated 1x06 Laura

Foi um episódio interessante para saber como as coisas funcionam em Spiga e como Elizabeth lida com tudo isso. Também conhecemos bem mais de Julian, que no fim das contas não queria o emprego que tem. Elizabeth não queria envolver a corporação na no resgate de Laura, uma vez que a principal preocupação de Spiga seria com a propriedade intelectual e não com a vida de sua filha. 

Por outro lado o episódio nos de uma visão mais cruel do que se passa na Zona Vermelha. Tinhamos visto muita pobreza, muita dificuldade para sobreviver, mas só neste episódio deu para ter uma noção do nível de banalização da violência do lado de lá. O sequestro de Laura é orquestrado por uma família. Dois irmãos a raptam no bar e a levam para casa, onde vemos a mãe e o sobrinho deles. São muito diferentes do que temos no nosso imaginário como criminosos. Criança e avó, duas figuras que são vistas como essencialmente boas são cúmplices e convivem diretamente com os causadores da violência.

incorporated 1x06 - Julian

Ironicamente, o que os criminosos tem, além de muitas contas para pagar, é um bisturi e alguma droga no estilo Boa Noite Cinderela, enquanto o time de resgate de Spiga chega cheio de armas de fogo, que, assim como as de Julian, são implicáveis. A verdade é que há violência dos dois lados, ambas justificadas por aos olhos de seus perpetradores. Se na Zona Vermelha o que está em jogo é a sobrevivência de uma família, na Verde é a da corporação? Qual vale mais?

No presente, vemos Laura desafiar seu medo, agora totalmente explicado, para encontrar sua empregada e tentar salvar a menina. O que a atraiu para a medicina, afinal de contas, foi essa possibilidade, de apagar com um passe de mágica, com as dores do passado. Ben também está na Zona Vermelha, trabalhando em vazar informações de Spiga para outra empresa. Não acho que seja coincidência. Eu imagino os dois se cruzando por lá de alguma forma.


Passamos oficialmente da metade da temporada, só mais quatro episódios para vermos se Ben Larson consegue mesmo resgatar Elena. Qual a sua aposta? Ele consegue? Será que a temporada termina como começou, com Julian fazendo um interrogatório, desta vez com Ben?

Apaixonada por histórias, em todos os formatos, conta com listas enormes de livros que quer ler e filmes e séries para assistir.

Porto Alegre / RS

Série Favorita: House of Cards, Game of Thrones, Scandal

Não assiste de jeito nenhum: Once upon a time...

  • Reinaldo

    Obrigado pela review. Eu não acredito que o Ben consiga resgatar Elena.
    Isso só acontecerá se alguma coisa muito
    fora do comum nos mundos em que ambos estão inseridos, mudar.
    Se não, dificilmente ele terá acesso a ela.
    O que eu não entendi, foi o porque de Julian estar sendo submetido a
    algum tipo de interrogatório.

    • Mariane Lima

      Obrigada pelo comentário!
      O interrogatório de Julian acontece quando a Laura é sequestrada. Pelo que eu entendi ele teve um problema de conduta relacionado ao incidente que ele conta para Laura em um ep anterior.
      Quanto ao resgate, uma coisa que me incomoda é que ninguém sabe se Elena quer ser resgatada, afinal, foi ela quem decidiu ir.

Misfits e o uso de poderes em benefício estritamente próprio

2 semanas atráscomentarios

O tema dos super-heróis tem sido bastante explorado nos moldes atuais, existem por ai séries de bastante qualidade e que fazem a cabeça de um grande público onde o enfoque são os indivíduos/as que ganham poderes e os usam para salvar o mundo, só que muito antes disso tudo uma série britânica teve a audácia de retratar um cenário onde jovens deturbados e a margem da lei ganham poderes bizarros e os usam para os mais egoístas e cômicos interesses,  criando situações inimagináveis. Esta é Misfits, uma série britânia que foi ao ar entre os anos de 2009 e 2013, totalizando 5 temporadas de grande sucesso ao mesclar com eficiência, humor, comédia e ficção científica. A série narra as peripécias […]

Leia o post completo

Girlboss: guia do que NÃO fazer na vida adulta

2 semanas atráscomentarios

Teve gente que gostou de Girlboss, teve gente que achou a série fraca. Mas em uma coisa todo mundo certamente concorda: Sophia é um dos piores seres humanos que já vimos como protagonista de uma série. E com ela a gente pode aprender muito sobre o que não fazer para ser uma pessoa melhor. 5. Não roubar Em GirlBoss, uma das primeiras coisas que descobrimos sobre Sophia é que ela acha normal roubar. Não, ela não rouba porque precisa, porque quer ajudar alguém, ou se quer por uma questão de princípios contra uma sociedade capitalista. Sophia rouba porque se sente superior e simplesmente não respeita os outros, – muito menos suas propriedades. 4. Não ser egoísta com a melhor amiga […]

Leia o post completo

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

2 semanas atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter