Menina beijando menina atrai audiência?

30 de outubro de 2009 Por:

Atenção, se você assiste 90210 e não gosta de spoilers, melhor não ler esse post!

Desde que Marissa e Thirteen (House) se beijavam em The O.C., todo mundo já sabe: menina beijando menina pode atrair audiência. Depois de Claire e Gretchen em Heroes e Janis e Maya em FlashForward, chegou a vez de 90210.


Em Heroes, o beijo foi mesmo completamente desnecessário, dando a impressão que os roteiristas simplesmente não sabem mais o que fazer pra tentar atrair a audiência perdida. Já em FlashForward já há um pouco de razão na cena, já que a personagem Janis é mesmo lésbica e nada mais normal do que vê-la beijando outra mulher.

Agora vem a notícia de que 90210 também vai apelar pra esse artifício no começo do ano que vem. Na trama que se inicia em janeiro, a personagem de Rumer Willis (filha de Demi Moore e Bruce Willis) ganhará mais destaque e deve iniciar um relacionamento com ninguém menos que… Adrianna! Se o que acontecer entre as duas for mesmo um relacionamento, então ótimo! Estamos no século XXI e nada mais normal (e provável) que o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo… Mas e se for só um casinho pra mostrar duas garotas lindas se beijando?


O detalhe é que a série também anda patinando na audiência, e vem usando Diablo Cody (responsável por Juno) pra tentar reverter o quadro. O problema é que a fama de Cody tem sido mais útil que sua competência; a escritora não adicionou muita coisa a série, que continua um drama (ou comédia?) teen completamente instável, saindo de episódios razoavelmente divertidos pra momentos de completo marasmo. Então séra que dá pra confiar?

Se as duas realmente tiverem um relacionamento, então espero que a trama faça sucesso e ajude sim a série. Se não, se for somente um beijo com intenções puramente “marketeiras”, então que naufrague, e não tenha um telespectador sequer a mais, como aconteceu com Heroes.

Lembrando que, nessa temporada, ainda tivemos o beijo de Chuck e outro homem em Gossip Girl. Pensando bem, não dá pra chamar aquilo de beijo…

Soteropolitana, blogueira, social media, advogada, apaixonada por séries, cinéfila, geek, nerd e feminista com muito orgulho. Fundadora do blog.

Salvador / BA

Série Favorita: Anos Incríveis

Não assiste de jeito nenhum: Procedurais

  • anonimo

    Falta de criatividade acaba com a série! Todas séries que vi com beijo mulhesxmulher eu não aguentei mais assistir, fica apelativo… Para fazer 90210 dá certo tem que trzaer o Ethan de volta xD

  • Camila

    Lembra da época que mesmo os beijos entre heterosexuais eram super escassos na tv? Qualquer beijinho virava notícia grande!

    Acho que vai chegar uma época que beijo gay não vai mais ser um artifício de marketing…

#CCXP2016 Estandes

2 dias atráscomentarios

Salve, salve, apaixonados por séries! Sobrevivemos a quatro dias de Comic-Con Experience e, depois de uma intensa cobertura em todas as nossas redes, vamos trazer um pouquinho do que vivemos lá no São Paulo Expo durante o último final de semana. Logo que entramos na feira, nos deparamos com um espaço que impressionava: para quem visitou a CCXP no ano passado, sabe que o evento já era gigantesco, mas esse ano ele tomou proporções ainda maiores. Os auto-falantes anunciavam a maior feira geek do mundo e era fácil acreditar nisso. Apesar da fama de San Diego, o evento brasileiro deve ter vencido facilmente em estrutura e porte. Para vocês terem uma ideia, o auditório Cinemark, principal dos auditórios do evento, […]

Leia o post completo

Primeiras Impressões: Incorporated

6 dias atráscomentarios

Incorporated se passa no ano de 2074, em que, após drásticas mudanças climáticas que devastaram o planeta, causando fome, e levando os governos a falência, quem domina o mundo são as grandes corporações. Elas lutam por market share e pelo controle dos escassos recursos naturais. Nesse mundo, quem trabalha para as corporações vive nas Zonas Verdes e quem não trabalha vive nas favelas das Zonas Vermelhas. A premissa não tem nada de novo, desde 1984 e Admirável Mundo Novo, muitos futuros distópicos fizeram parte do nosso imaginário. O que pode diferenciar Incorporated de outras narrativas especulativas é a fotografia e a maturidade com a qual trata os assuntos. Desde o início do episódio, com texto explicativo para situar o expectador […]

Leia o post completo

[Personagem/Ator] Richard Gilmore/Edward Herrmann

1 semana atráscomentarios

Todo o revival foi dedicado à ele que não esteve presente fisicamente, mas foi lembrado a todo momento. Então nada mais justo do que a gente falar desse incrível ator que interpretou um personagem que marcou, e deixou saudades, em todos aqueles que assistiram Gilmore Girls. Edward Kirk Herrmann, o nosso eterno Richard Gilmore, nasceu em 21 de junho de 1943 em Washington, DC e faleceu em 31 de dezembro de 2014, aos 71 anos de idade. Herrmann era ator, diretor, escritor e comediante, além de ter sido a voz por trás de diversos programas do canal The History Channel. Um homem de muitos talentos Edward já atuou no teatro, onde começou sua carreira, estreando na peça Moonchildren em 1971, […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter