O misterioso sumiço dos banners de propaganda

3 de dezembro de 2015 Por:

Você pode até não ter reparado, mas a gente faz questão de chamar atenção: no novo layout, tiramos todos os banners de propaganda do site.

Por quê? Porque a gente não acredita mais naquilo. A gente não acredita mais que banners de propaganda possam nos ajudar. Ou ajudar você, leitor.

Só pra você ter uma ideia, a maioria dos sites funciona hoje com três tipos de banners: Google Adsense, sistemas de afiliados e espaço publicitário comprado diretamente por alguma empresa ou agência de publicidade. Não faz ideia do que são essas coisas? A gente explica.

O Google Adsense veicula as propagandas de todos os parceiros do Google. Gente que investe em anúncios no Google e que, por sua vez, veicula esses anúncios nos sites e blogs que separam um espaço para esse fim. Como a gente fazia até ontem.

Já os sistemas de afiliados são serviços semelhantes, mas de outras empresas. Por exemplo: o Submarino tem um sistema de afiliados que só veicula propagandas do Submarino. Se um site é cadastrado nele, como nós já fomos, cada vez que um leitor clica em um banner e conclui sua compra, o site ganha uma porcentagem do valor do produto. Houve um tempo em que sistemas assim valiam a pena e porcentagens justas eram repassadas para os produtores de conteúdo. Esse tempo acabou já faz alguns anos.

Por fim, há os banners comprados diretamente por empresas anunciantes ou agências de comunicação e publicidade. Nesse caso, vamos supor que alguma emissora está querendo divulgar uma nova série. Ela entra em contato com a gente, há uma negociação com o nosso preço x a verba disponível e em seguida o banner entra no ar. Também trabalhávamos com essa alternativa até ontem – mas já era rara.

E embora o nosso objetivo não seja fazer nenhum juízo de valor sobre as três opções, é importante dizer que, pra gente, nenhum dos três pagava o suficiente para ocupar um espaço nobre do site e distrair o leitor do que realmente importa: o nosso conteúdo. Por isso, a partir de hoje, você não vai encontrar mais nenhum tipo de banner de propaganda por aqui.

Isso quer dizer que não vamos mais veicular anúncios? Não. Nenhum de nós ganhou a mega sena acumulada e precisamos manter o site. Além do mais, acreditamos que ganhar dinheiro através da produção de conteúdo de qualidade é algo legítimo e que deve ser incentivado. E, se hoje já aceitamos pagar por serviços de streaming de áudio e vídeo, talvez chegue o tempo em que aceitaremos pagar por conteúdo também. Mas ainda não estamos lá. E onde estamos?

A partir de hoje toda e qualquer publicidade só terá vez aqui no Apaixonados por Séries de uma forma: como conteúdo. Alguns sites já trabalham assim, principalmente fora do Brasil, e acreditamos que essa é a melhor opção para a gente também.

E, não se preocupe, quando o conteúdo for patrocinado, você será sempre avisado.

Por hora, fica aqui o nosso agradecimento a todos os parceiros e patrocinadores que o site teve até hoje. E as boas vindas aos que virão – mas de um jeito diferente.

Soteropolitana, blogueira, social media, advogada, apaixonada por séries, cinéfila, geek, nerd e feminista com muito orgulho. Fundadora do blog.

Salvador / BA

Série Favorita: Anos Incríveis

Não assiste de jeito nenhum: Procedurais

O que você precisa saber de Jessica Jones antes de Defensores

5 dias atráscomentarios

A primeira série da Marvel protagonizada por uma mulher começa quando os pais de Hope Shottman (Erin Moriarty) pedem a ajuda de Jessica Jones (Krysten Ritter) para investigar o paradeiro da filha, e ela então descobre que o sequestrador da moça é ninguém mais ninguém menos que Killgrave (David Tennant): aquele que a traumatizou através de um relacionamento abusivo. A moça não é então a típica heroína a qual estamos acostumados, e algumas vezes até chegamos a duvidar se podemos chama-la assim. Por ter um passado marcado pelo abuso sua personalidade se torna um tanto ácida e sombria, além de deixar para a personagem um descontrole no consumo de álcool e a ideia de que desistir é a melhor saída, e […]

Leia o post completo

O que você precisa saber de Demolidor antes de Defensores

6 dias atráscomentarios

Com o sucesso do universo cinematográfico desenvolvido pela Marvel nos cinemas, um dos personagens mais interessantes e queridos dos fãs de quadrinhos foi ansiosamente aguardado para voltar a fazer parte do mesmo mundo. Homem-Aranha? Não, na verdade Demolidor. Após a Fox deixar os direitos de uso do personagem retornar para a casa das ideias, Marvel e Netflix fecharam uma parceria para desenvolver diversas séries de heróis. Demolidor abre essa parceria com maestria, trazendo uma série obscura, e violenta, diferente do que o personagem já viveu nas telas até então (abraço Ben Affleck!) Charlie Cox (Broadwalk Empire), dá vida a Matt Murdock, sofrido e realista. A série apresenta ele como advogado com o escritório associado em Hell’s Kitchen, e em seguida suas […]

Leia o post completo

Com pais como estes, hoje é um dia para esquecer

1 semana atráscomentarios

Existe um ditado que diz que a vida imita a arte (ou vice-versa) e isso sempre se mostra realidade quando comparamos as séries que assistimos à vida real. Claro que ainda não descobrimos um universo paralelo, uma cabine telefônica que nos transporte por aí ou que alienígenas têm planos de conquistar a Terra, mas muitas vezes a realidade é espelhada nos roteiros das histórias que mais amamos. House of Cards está aí para comprovar essa teoria, se compararmos os acontecimentos aos fatos que vemos nos noticiários todos os dias. Com os pais não poderia ser diferente. Existem pais que assumem o papel integral da criação da criança, pais que são os melhores amigos dos filhos, filhos que têm dois pais, pais de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter