Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Lost – 6×17/6×18 The End Partes I e II (Series Finale)

Por: em 24 de maio de 2010

Lost – 6×17/6×18 The End Partes I e II (Series Finale)

Por: em

Durante essa semana tentei evitar pensar em como seria assistir séries sem ter Lost para esperar. A ficha não havia caído mesmo com o domingo cada vez mais próximo e eu não sabia o que sentir sobre o fim da série, muito menos de como escrever a última review desse fenômeno televisivo. Mas foi assistindo ao episódio recap com comentários dos atores e produtores, e os comerciais com depoimentos de fãs que eu realmente despertei para a realidade original. A série acabou, criando um novo marco na história da TV: antes e depois de Lost.

O fim irá gerar discussões para sempre. Milhares irão dizer que foi a pior coisa que já viram, enquanto outros acharam realmente muito bonito, como eu. O final de Lost foi lindo…épico. Encerrou sua jornada de uma forma divina, cumprindo sua missão de mostrar a evolução daqueles personagens introduzidos 6 anos atrás. E que 6 anos maravilhosos, cheios de ação, mistério, risadas, lágrimas e muita emoção ao passo que conhecíamos cada vez mais da vida dessas pessoas especiais.

Na ilha todos os acontecimentos foram fantásticos!! A jornada para desativar e reativar o mecanismo que gera a luz e a água foi de tirar o fôlego com atuações impecáveis de todos os atores comprometidos com o enredo. Ao tirar a espécie de rolha, Desmond desligou os poderes da ilha, que transformaram o homem de preto e Richard em pessoas normais, mortais. Que felicidade ao ver o antigo imortal membro dos Outros perceber entusiasmado que agora envelhece e que algum dia poderá se juntar a amada Isabella. Miles, que eu jurava que fosse morrer, passou ileso de aquilo tudo decolando da ilha com a ajuda do fantástico Frank Lapidus, que não só sobreviveu ao incidente no submarino, como tirou os restantes dos sobreviventes da ilha. Claire se juntará ao filho Aaron, compartilhando uma grande amizade com Kate, que junto de Sawyer, poderá, se possível, algum dia voltar a vida normal. Precisamos mesmo saber  que aconteceria quando chegassem ao mundo real? Não, não precisamos e nem faria diferença, já que todos acabariam no mesmo lugar e juntos.

Hurley e Ben formando uma dupla de “Jacobs”, com Jack fazendo o mesmo ritual foi grandioso e não há, uma única alma viva, que não tenha se emocionado com Jorge Garcia e seu grande Hurley Reyes. Aqui acontece o mesmo, não importa o que terá acontecido a eles e Desmond e nem por quanto tempo viveram na ilha cuidando da luz. A luta de Jack e do homem de preto ficará para sempre em minha memória, como um dos combates mais épicos da história da televisão. Como eu queria, o homem de preto morreu, permitindo a série mostrar que o bem sempre vence, influenciando milhares de pessoas que tomam Lost como filosofia de vida.

Porém, Jack, o grande protagonista da série, foi um show a parte. Tente lembrar de como conhecemos o médico 6 anos atrás: O homem da ciência!! Até chegar onde chegou, Jack precisou perder amigos, precisou sofrer, lutar, cair. Mas o mais importante de tudo é que ao abraçar o destino, Jack fez o mais importante…salvar a ilha. Com isso, despediu-se do mundo real deitando perto do mesmo local, com o mesmo cachorro, no mesmo estado físico do episódio piloto. Jack fechou os olhos com a certeza de que seus amigos estavam a salvo e com a confiança de que cumpriu sua missão. Parabéns Jack, você fez exatamente o que todos os fãs esperavam, foi um líder e que grande líder.

Mas como deveria ser o final de todas aquelas pessoas que nos foram apresentadas, e que juntas formaram relacionamentos, geraram vidas e nos fizeram felizes? Lembram que Damon Lindelof e Carlton Cuse afirmaram inúmeras vezes de que o que se passava não era uma espécie de purgatório? Pois bem, eles não mentiram. A ilha existiu, sem duvida nenhuma, mas o grande mistério da temporada foi resolvido de uma forma magnífica…uma história de perdão.

Ao morrer, cada um deles teve a chance de viver a vida que sempre sonharam. A vida onde o 815 não cai em uma ilha, onde eles não são imperfeitos cometendo os mesmos erros. Ao longo dessa nova vida nesta espécie de purgatório, eles tem a chance de perdoar e serem perdoados ao reparar o que antes estava mal feito. Mas chega uma hora em que todos precisam continuar, voltar ao mundo real e encarar o que for que venha pela frente e foi assim que os sobreviventes puderam ficar juntos, lembrar de como foram suas vidas e se prepararem para uma próxima aventura.

Esse final dos flashsideways foi terrivelmente perfeito adicionando concretamente a espiritualidade como parte da trama principal. Alguns não estavam prontos ainda, como Miles e Ana Lucia, que não estavam na igreja, e ainda precisavam reparar alguns erros. Outros, como Daniel Faraday e Charlotte ainda poderiam aproveitar mais dessa vida, e seriam levados mais tarde, por Eloise, talvez, que também sabia da verdade, mas estava feliz por viver bem com o filho e Widmore. A confiança dos personagens ao recuperarem as lembranças foi muito bem interpretada por todos eles, e os reencontros, mais do que emocionantes.

Todos eles lembraram com fatos importantes da ilha. O nascimento de Aaron com Kate, Claire e Charlie; o amor com Sayid & Shannon e Sawyer & Juliet; o amor de pai com Jack; Ji Yeon com Jin e Sun, e a cura com John Locke. O reencontro de todos eles na igreja, assim como a conversa de Jack com seu pai Christian são inenarráveis. Vê-los todos juntos foi algo que nunca esquecerei, enquanto Christian abre as portas da igreja para que todos possam ir em frente. Isso tudo foi tão bem construído, tão bem escrito que eu precisei rever diversas vezes para conseguir compreender.

A série optou por não responder cada detalhe que os fãs persistem em saber. Decidiu mostrar a vida dessas pessoas e seus respectivos finais, fornecendo essa resposta religiosa de que tanto a humanidade deseja saber. Essa é a visão de Lost sobre um dos mistérios do mundo real colocada para servir de apoio enquanto nos despedimos de Jack, Kate, Sawyer e todos os outros que aprendemos a amar. Lost errou, deixou histórias para trás, enrolou alguns episódios…mas pergunto agora se isso influenciou o final como um todo, como o desfecho dessa grande obra prima. E a resposta é não!

Parabéns a todos que transformaram Lost no fenômeno que é. Aos criadores, roteiristas, diretores, toda a equipe de produção. Aos atores, a nós fãs e a vocês que acompanharam Lost aqui no Apaixonados por Séries: muito obrigado!! Existe vida após a série? Sim, existe, mas será com menos mistérios, menos perdida e incrivelmente mais feliz por ter tido a chance de viver Lost. Para você que não gosta, eu respeito, mas é uma pena não poder ter presenciado essa jornada. E quando eu for para a minha “realidade paralela” espero poder lembrar de tudo que com Lost vivenciei.


Caio Mello

São Bento do Sul – SC

Série Favorita: Lost

Não assiste de jeito nenhum: Séries policiais

  • Pra cacetada de haters que Lost ganhou nessas últimas semanas, essa review pode parecer o maior exagero do mundo. Mas eu concordo demais com cada palavra. O que Lost fez no decorrer desses 6 anos é um lance que eu duvido que um dia eu vou experienciar de novo em alguma outra série. Acima de qualquer errinho besta que ela possa ter cometido ao longo do caminho — e que com certeza cometeu — nesse último episódio os caras souberam focar justamente no que mais importou o tempo inteiro: a emoção que a gente sente assistindo a todos esses personagens.

    Vai fazer falta demais. DEMAIS. Mas tô feliz de ter encerrado de um jeito tão foda. E também tô feliz de ver como tem gente que conseguiu vivenciar tudo isso da mesma forma que aconteceu comigo. Mais do que analisar os episódios friamente ou coisas do tipo, em todos os posts, o que tu escreve passa a mais pura empolgação do tipo de fã que não é cego (ao contrário do que muita gente possa dizer), mas o que tá diposto a mergulhar no universo que foi essa série e encarar Lost como uma experiência de vida — por mais tosco e brega que isso possa soar.

    Parabéns por todos os posts de Lost e… See you in another tv show, brotha.

  • @lunnah

    Perfeita sua review, senão a melhor!!

    Eu ainda estou chocada com os fatos, chorei muito e até cheguei a ficar com raiva depois que acabou o epi! Mas foi pq eu não tinha me dado conta dos fatos!Estava em estado de choque e negação! kkk
    Não queria acreditar que acabou!!
    Mas enfim vc disse tudo e o mais bacana colocou todos os sentimentos que eu nem posso explicar de forma simples e emocionante!!
    Não tenho palavras!!

    Meu sentimento é recíproco pela serie!!

    Bjks

  • Alexandre

    Podemos esperar uma tonelada de pessoas detestando esse final. E seria assim de qualquer forma.

    NADA que passa 6 anos construindo expectativa consegue satisfazê-la plenamente para todos.

    Só é uma pena que a grande maioria das pessoas que não gostaram, pelo que eu reparei, tenha sido por não terem entendido.

    Claro, concordo com quem preferiria um final que não envolvesse pós-vida. Acho que eu também preferiria.

    Mas os flash-sideways na verdade eram uma espécie de “prêmio de consolação”, um agrado aos fãs, que construíram sua relação de amor com a série ao se identificarem com aqueles personagens e seus dramas. A recompensa por essa devoção foi um final feliz. Um “Felizes para sempre”, como diz no episódio do Desmond… mesmo que esse só seja possível para vários deles (Locke, em especial) depois de mortos.

  • Alexandre

    Enfim, falei, falei e não disse o mais importante: foi lindo.

  • Felipe Vianna

    “E quando eu for para a minha “realidade paralela” espero poder lembrar de tudo que com Lost vivenciei.”

    E se essa já for a realidade paralela, brotha!?!?! hehehe

    Não estava esperando esse final espiritual. Me surpreendeu bastante, e positivamente.

    Assim q acabou o episódio fiquei meio que boiando. Fechei os olhos por uns 5 minutos, pensei, pensei, pensei e consegui juntar as peças desse final. Demais!!!

    Primeira vez que comento, mas acompanhei todas as reviews da sexta temporada. Parabéns, mandou muito bem!!!

    Abraços,

    • nãããão confunde minha cabeça..uahuhaha

      eu também fiquei pensando um bom tempo depois de acabar…loucura esse final, mt bom.

      Agora é rever tudo né, hehe

      Abraço cara

  • Eu realmente esperava mais do final do TV Show mais comentado da década, não somente pelas respostas que não vieram nessa temporada toda, mas as cenas manjadas de filmes de ação de quinta categoria, o quão previsível cada cena foi, como por exemplo: o parto da Claire ser feito pela Kate, o fim sendo oposto do inicio com o Jack fechando os olhos, o Man in Black morrendo do jeito mais estúpido possível.

    E um final onde todas as explicações são sobre fé, bem e mal, tudo muito religioso, seguiu a hipocrisia do mundo em que vivemos onde o que não entendemos é um milagre de Deus. disso para viver.

    Desculpa pessoal mas quem esta falando que foi a coisa mais linda do mundo esta exagerando um pouco, tem muitas outras séries que emocionam muito mais. Estão agindo como superiores, não gostei não é porque não deram respostas aos mistérios isso eu já sabia que não dariam, mas sim deste desfecho que achei ruim.

  • Minha duvida é:

    A ilha existiu ? Ou foi tudo coisa da cabeça do jack pra que ele pudesse morrer em paz?

    Tem uma entrevista do Mathew Fox no JKL que ele diz isso. Que toda a história da ilha e os personagens envolvidos são na vdd pessoas que fizeram parte da vida real do Jack e que toda essa história acontece para que ele possa reconhecer que seu avião caiu e ele está morrendo e assim alcançar a redenção e ‘move on’.

    Por isso que a ultima cena é igual a primeira, toda a história de Lost aconteceu nesse mininmo espaço de tempo em que jack acorda após a queda do avião e percebe que vai morrer.

    É isso mesmo ? Qual a interpretação de vocês ?

    • Alexandre

      Não é isso não, senão entraria em conflito com o que o Christian disse no final, sobre “o tempo na Ilha foi a parte mais importante da vida de vocês”.

      • É verdade alexandre….

        Acho que o lance é, o que aconteceu na ilha é real, e o sideways era o tal purgatório e o fato de ele morrer na ilha no mesmo lugar é um “toque” artistico hehehehe.

    • Danilo

      Na verdade isso foi uma teoria criada por um escritor famoso.

      http://tv.globo.com/ENT/Tv/Seriados/Lost/0,,AA1367150-6258,00.html

  • caio cesar

    Perfeita. Eu odiava Lost, mas aprendi a amar a série e agora vou sentir muita falta. Mas continuando, sua review é perfeita.

  • Filipe

    acabei de ver e nao consigo conter as lagrimas… uma parte importante do meu tempo que acabou… um livro que se fechou..

  • Fernando

    Gostei do final, mas a história da realidade paralela podia ter sido diferente, achei fraca pra falar a verdade. Mas independente disso, o resto foi perfeito, e acho que até o mais sem sentimentos se emocionou com o episódio.

  • Sérgio

    Olhei nos principais blogs em busca de uma Review do Series Finale de LOST que expressasse o que eu senti quando terminei de ver o episódio, e foi exatamente o que você descreveu, existe apenas uma palavra para descrever esse final: LINDO !!

    Me emocionei em todos os reencontros dos persongens, principalmente o de James e Juliet, com o beijo de Jack e Kate, e com o Hurley assumindo o posto que foi de Jack e de Jacob como guardião da ilha !

    Mais do que esperar respostas pro final eu prefiro deduzi-las e ficar com esse final maravilhoso, com todos se reunindo !

    LOST deu uma lição de vida, nunca verei serie parecida !

  • Eryck

    Quando terminei de ver o episódio.
    Uma lágrima escorreu do meu olho direito.
    Na hora.
    Não soube o motivo.
    Se era por ver o Jack morrer.
    Ou simplesmente por ver que esse era,
    O último minuto de Lost.
    Agora.
    Acho que as razões de minha reação.
    Não importam.
    Pois.
    Lost faz parte de minha vida há seis anos.
    E o que senti nesse último episódio.
    Nunca vou esquecer.

  • Diogo

    Pra mim o final teve o melhor e o pior de Lost, emocionante, polemico, gerando mil e uma discussões, mto acima da media da temporada, abaixo dos melhores momentos de Lost. Emocionante foi. Qndo cada personagem “acordava” parecia q eu acordava junto para encarar o fato de que acabou.
    Independente de gostar ou naum avho q esse final é o final esperado por mim, corajoso, polemico e inovador.

  • Leandro Kyo

    Brotha, final de Lost foi lindo, épico, magistral, perfeito… entre todos os outros adjetivos do mundo! Amei cada segundo da melhor série ever!

    ótima review, parabens Caio, abraços

  • Vinny

    Ainda to chorando, mas o que eu consegui ler da sua review entre as lágrimas, concordo totalmente. Lindo. Épico. Lost.

    Amei o episódio final, esses seis anos, não me arrependo e agradeço por ter feito parte deste fenômeno.

    Now it’s time to move on, como diria Christian Shephard. XD

  • Olá! Meu nome é Fábio Lins, autor do blog LostHome.
    Gostaria de sugerir que todo blog relacionado á serie possam fazer uma enquete sobre o desfecho de Lost, além da série como um todo, para que possamos depois juntar os dados e realmente definir a verdadeira opinião internauta sobre Lost, porque tem bastante controvérsia relacionada a isso, influenciada principalmente pelo autor de cada blog.

  • Flávia

    O final de Lost foi simplesmente inefável! E essa é a melhor palavra que eu consegui encontrar para descrevê-lo.
    Passei toda essa semana, até mesmo ontem, sem perceber realmente que estava acabando e agora que acabou, eu estou com essa sensação de “tudo bem, eles estão bem, todos ficaremos bem”, como se eu tivesse vivido tudo aquilo. Acabou, mas acabou de forma grandiosa.
    Eu não preciso de mais nenhuma resposta além das que me foram dadas e mesmo estas, ainda não sei se as entendi completamente, mas não é isto que importa. As perguntas e respostas são o que menos importa depois de ver o fim.
    Foi épico.
    Foi inesquecível.
    Foi verdadeiro.

  • Ainda sem conseguir explicar direito o que eu senti com o final de Lost… São seis anos de pensamentos conflitantes na minha cabeça…

  • luiza

    Sempre quando eu terminava cada episódio, eu acessava correndo esse blog (que descobri meio sem querer) e sempre era extremamente satisfatório e, se eu tinha perdido alguma coisa assistindo, sempre caia a ficha após ler a critica.
    Hoje, mas do que nunca, eu precisei entrar aqui. Ainda em prantos (sim, chorei todo o tempo, ainda mais com James e Juliet) eu consegui perceber o quão perfeito foi esse final. Tua critica está ótima, perfeita!
    Eu era uma daquelas poucas que dizia ‘não vão explicar muita coisa mas, ei, não precisa! Os mistérios sempre foram secundárioas’ e esse final emocionante só diexou mais claro sobre o que é (era) essa série: sobre pessoas. Sobre relacionamentos, sentimentos, perdão, segundas chances – que todos merecem, nem que seja in another life, brotha.
    Sim, vou morrer de saudades.

  • Luana

    Eu queria fazer um comentário decente, mas acabei de ver e não consigo mesmo.
    Foi lindoo ainda não consegui parar de chorar.
    Tenho muita pena de quem fala mal da série porque não sabe o que perdeu…

  • Artur

    amei cada episodio, tiveram alguns de pura enrolação, mas os achava normais, pois gostava dos personagens e do seriado como um todo.

    por tudo isso achei que o final, fosse qual fosse não seria decepcionante, pois já havia sido muito bom.

    mas eles fizeram o impossivel, destruiram um seriado! que LIXO!!!! PARECIA FINAL DE NOVELA! MUITA VERGONHA. muita apelação e lugar comum.

  • rafael

    belo texto, cara! parabéns!

  • Ely Junior

    Pra completar só faltou o casamento de Julliet e Sawyer, Kate e Jack, e Locke Luciana casar com a Helen.

    Ai no final todo mundo junto cantando

    “We are the wooooooorrrrlllld”

    Eu tb não esperava as respostas, mas um final decente, mas tava até bom até os 10 minutos finais.. ai chegou o Christian lá, pra cagar o pau em tudo q eu achava e acreditava em LOST: que iam me mostrar um final decente! Ai não, Christian Sheppard faz uma pregação meio Espírita, e estraga a minha noite. Queria que Lost tivesse acabado na quinta temporada, ia morrer sem decepção.

    Lamentável o que fizeram com Lost.

  • Samuel

    concordo plenamente com o que foi escrito, acho que foi sim um belo final realmente muito bonito, cheguei a chorar varias vezes..Acho que os produtores erraram sim mas em nao ter dado as respostas ao longo da temporada, pois realmente nao tinha como em menos de 2 horas revelarem todos os segredos e ainda sim criar um desfecho para as personagens. Sinceramente entre ver um vídeo explicativo da Dharma contando tudo e um fim como foi esse, nao preciso dizer o que escolheria.

  • Hallysson Marcello

    Ola Pessoal,

    Sou novo na site e se algum de vcs poderme me ajudar com algumas duvidas sobre esse capitulo final, ficarei eternamente grato.

    1 – Para min ficou um tanto sem logica a relidade paralela eles estarem mortos, Por que? Ai vai:

    a – Se era uma purgatorio idealizado pela mente deles pos morte, entao por que que a vida de todos estava diferente; Jack foi casado com juliet e tinha um filho, Saweyer era policial, Jin e Sun nao eram cadados e fugiam do pai dela, Hugo nao era mais azalado, Lock era noivo; …
    E O MAIS INTRIGANTE DE TODOS PARA MIN, QUANDO FALA DA VIDA DE SHAYD. O AMOR DA VIDA DELE A CASADA COM SEU IRMAO ELE MATA AQUELE CARA MAFIOSO, QUE ESQUECI O NOME, SENDO QUE ESSE CARA ERA O MESMO QUE MATOU A FILHA DE BEN NA ILHA E ELE JA TINHA MORRIDO NA ILHA, ACHO QUE QUANDO O CARGUEIRO EXPLODIU…. NAO SEI SE ESTOU SENDO COESO…. MAS NAO ENTRA NA MINHA CABECA E SE NESSA REALIDADE PARALELA, TODOS ESTAVAM MORTOS, COMO SAYD PODE MATAR UM CARA…. OU SEJA O MAFIOSO MORREU DUAS VEZES….

    A Realidade paralela tinha mais cara de que a bomba que Juliet explodiu no final da quinta temporada funcionou e fez com que o destino de todos fossem mudados, o aviao nao caindo, e eles estavam tendo vidas diferentes pois nao estavam sendo influenciados por Jacob como foi na versao original..

    Se Algum de vcs poderem me ajudar com essas duvidas fico grato.

    Obrigado..

    • Euriano Sales

      Acredito que quando a Juliet detonou a bomba, acabou a possibilidade do oceanic 815 cair na ilha, mas como isso foi num tempo bem mais distante, mudou o destino de cada um ali. O jack teve um filho sim, mas não o mesmo jack da ilha. O Jack, Locke, Kate da ilha reencarnaram em seus próprios corpos e precisavam se desprender para seguir adiante. O Desmond foi o cara iluminado que conseguiu entender isso primeiro que todos e juntou esse povo todo. Só a igreja é que era atemporal, fora dali, existia sim, tanto que quem vivia na ilha antes de explodir a bomba, sabia da existência da ilha (como é o caso do pai do Ben, Eloise e acredito que o Pierre Chang).
      Talvez gerou de verdade uma realidade paralela como vimos que se tornou a verdadeira a partir dali e a outra ralidade da ilha um dia chegaria ao fim.

      • Hallysson Marcello

        Eu tambem acreditava no mesmo que vc caro amigo… Que a bomba tinha mudado o destino e fez com que todos tivessem uma vida diferente…

        MAS O PAI DE JACK VEM E ESTRAGA TUDOO, POIS DISSE QUE ESTAVAM TODOS MORTOS..
        SE ELES ESTAVAM MORTOS, POIS COMO OS DESTINOS ESTAVAM DIFERENTES?
        COMO SAYD MATOU O MESMO CARA, MAFIOSO, NO RESTAURANTE, SE ELE TAVA MORTO, NAO PODIA MORRER DE NOVO…

        Obrigado pela tentativa de resposta

        • Euriano Sales

          Os caras partiram para a religião para explicar, então vou tentar entender por ela.
          Quem estava morto era os da realidade da ilha, que reencarnaram (numa especie de Dejavu) e conseguiram se reencontrar em outra vida (te vejo em outra vida brotha) e seguiram adiante. O resto do povo, o sayd, jack, jate da RP continuarão seu rumo de alguma forma. A RP não era atemporal, aconteceu em 2004, só aquele lance da igreja que era, ali era uma reunião espírita. (meio horrível, mas foi a forma que eu acredito que os caras conseguiram de juntar as duas realidades).

    • Olha Hallysson, vou dar o meu entendimento, que pode estar errado, claro:

      A paralela era apenas uma espécie de afterlife, um espaço entre céu e terra, um purgatório. Onde eles tiveram a chance de viver uma vida boa após viverem tudo aquilo na ilha com tanto sofrimento. Foi uma chance para perdoarem e serem perdoados pelos erros que cometera. Uma chance para tentar fazer tudo certo…e quanto estivessem prontos, com os erros reparados..poderiam lembrar e seguir em frente.

      • Hallysson Marcello

        Caiu, obrigado pela resposta…

        Concordo com vc, ate agora foi o que mais se encaixou.
        Por seu entendimento entao, eles estavam encarnados. Mas o pai de JAck falou que estavam mortos e se estavam mortos, eram espitos, almas…
        Pois no final deu a entender assim, como no filme Sexto Sentido, de que eles eram espiritos vagando nesse purgatorio, ja que eles entraram na luz que supostamente seria o ceu, e estariam prontos para o let it go.

        Mas ai que mora a contradicao, se estavam mortos, segundo o pai de Jack. Eram espitos…

        E espirito nao sofre tiro com Sun sofreu, e nem morre pela segunda vez como aquele mafioso que o Sayde matou. Ele ja tinha morrido na ilha no cargueiro.

        • Não não…no meu entendimento eles não estavam encarnados não. Era como se fosse uma vida como espíritos, uma nova chance, apesar de também sofrerem. E bem, não sabemos o que acontece conosco depois da morte, então não podemos julgar que não sofram nada mesmo sendo espíritos. No meu entendimento, assim que se perdoaram e foram perdoados estiveram prontos para largar essa vida como espíritos e seguir em frente, quem sabe, para uma outra vida.

  • Rodrigo Ricardo

    Bem lembrado Hallyson. E a história de explodir a bomba e mudar a realidade então era tudo uma grande enrolação? Uma mensagem que pus em outro blog resume bem meu pensamento: Olhem, assisti só hoje (25/05) de madrugada ao episódio e, falando sobre ele em si, realmente é emocionante e tudo, mas realmente deixou muito a desejar no quesito respostas e, principalmente no caso de Lost, essa é uma falha grave. Sobretudo quando os produtores tiveram 3 anos para prepará-lo. A lista de ganchos soltos é enorme e não adianta dizer que foram jogados no início e depois resolveu-se não aproveitá-los adiante. Vejam só o caso do extermínio dos “romanos” pela Falsa Mãe de Jacob. Nada foi esclarecido a respeito e isso surgiu no penúltimo episódio! Não custava nada ter dado respostas, e mais ainda quando elas são dadas de maneira rápida e rasteira (opção de Lost). Poderiam ter enfatizado os personagens e mesmo assim haver respondido às tantas questões. Se queriam colocar “deixas” para continuações ou outros produtos da Disney poderiam fazer como George Lucas em Guerra nas Estrelas: explicou tudo mas delimitou zonas abertas para futuras explorações. Guerras Clônicas, por exemplo, sua relevância nem era tão grande e o fato de não serem mostradas na trilogia inicial não prejudicou a história. Contudo, ficou um claro que pôde ser aproveitado (com êxito) futuramente. De qualquer modo, não desmereço a série, mas ela era tão dependente das perguntas que não respondê-las foi fatal. Não consiguirei jamais recomendar a alguém que a assista, pois serão as perguntas que motivarão o expectador a prosseguir e saberei que ao final ele sairá frustrado (como eu e tantos outros). Não posso recomendar isso a alguém e duvido que alguém aqui o faça. De qualquer modo, agradeço a este blog e tantos outros que tantos serviços prestaram a todos. Pena que, premido pelo medo dos spoilers, só o tenha descoberto na última temporada. Ass. Rodrigo Ricardo

  • Bruno Ribeiro

    Eu gostei do final. Sem viadagem, achei lindo, tocante, perfeito. Com toda a certeza, valeram os 6 anos assistindo.
    O problema é que muitas pessoas focaram na ilha, nos mistérios dela. Mas, na minha opinião, os mistérios da ilha sempre foram uma forma de manter a audiência. Lost sempre foi sobre pessoas. Livre arbítrio, destino, fé, ciência…A ilha sempre foi coadjuvante. Se vc assistir lost focando nas pessoas, nos personagens, vc verá que a série foi ótima, que o final foi perfeito. Aquele bando de fracassados tendo uma redenção, mesmo que numa outra vida….Um homem da ciência abraçando a fé……O valor da amizade, do respeito, do perdão……Enfim, valeu a pena!!!

    Respeito quem tenha ficado puto com o final, mas eu achei perfeito.

    Meu final de séries agora ficou assim:

    Six Feet Under>Lost>Friends>Sopranos>BSG.

    Sei que minha série preferida(Dexter) vai ter um lugar aí tb.

    • Caveira

      Tomá no cu.

      Desde quando o fim de Six Feet Under foi melhor do que o de Lost?

      Mas concordo na parte que você fala sobre Lost nunca ter sido focada em mistérios ou na ilha em si…

  • Hallysson Marcello

    Para min ficou sem logica a relidade paralela se eles estavam mortos, Por que? Ai vai:

    1 – Se era uma purgatorio idealizado pela mente deles apos morte, entao POR QUE que a vida de todos estava diferente; Jack foi casado com juliet e tinha um filho, Sawyer era policial, Jin e Sun nao eram cadados e fugiam do pai dela, Hugo nao era mais azalado, Lock era noivo; …
    E O MAIS ESTRANO DE TODOS PARA MIN, QUANDO FALA DA VIDA DE SHAYD. O AMOR DA VIDA DELE ESTA CASADA COM SEU IRMAO E ELE MATA AQUELE CARA MAFIOSO, ESQUECI O NOME, SENDO QUE ESTE CARA ERA O MESMO QUE MATOU A FILHA DE BEN NA ILHA E ELE JA TINHA MORRIDO NA ILHA, ACHO QUE QUANDO O CARGUEIRO EXPLODIU…. NAO SEI SE ESTOU SENDO COESO…. MAS NAO ENTRA NA MINHA CABECA O FATO DE SE NA REALIDADE PARALELA, TODOS ESTAVAM MORTOS, COMO SAYD PODE MATAR UM CARA, O MAFIOSO NO RESTAURANTE SE ELE JA TINHA MORRIDO NA ILHA….

    OU SEJA O MAFIOSO MORREU DUAS VEZES, NAO TEM LOGICA ELE TER MORRIDO NA VIDA PARALELA SE FOI EXPLICADO PELO PAI DE JACK QUE TODOS JA ESTAVAM MORTOS….

    A Realidade paralela tinha mais cara de que a bomba que Juliet explodiu no final da quinta temporada funcionou fezendo com que o destino de todos fossem mudados, o aviao nao caindo, e eles estavam tendo vidas diferentes pois nao estavam sendo influenciados por Jacob como foi na versao original..

    Isso seria mais logico que estarem mortos.. Pois nada justifica terem vidas diferentes nessa vida paralela, a nao ser uma mudanca no passado causada pela bomba.
    Ex. O pai de Jack fala que todos morreram e agu momento e se encotraram nem ‘purgatorio’; MASSSS como e que Jack desceu do aviao, que seria um ponto zero, e era casado com Juliet e tinha filhoss….

    Meu QI nao ta ajudando, eu sabia que nem todos os segredos seriam revelados, MAS O QUE RELATEI ACIMA NAO E SEGREDO, MAS SEM LOGICA….. O GANSTER MORRER DUAS VEZES FOI O PIOR PARA MIN…

    • Euriano Sales

      Eu entendo que exstiu sim duas realidades, e a paralela era verdadeira, se não o sacrifício da Juliet seria em vão. Acredito que com a explosão a ilha afundou, mas como eles estavam viajando no tempo, criou-se duas realidades e a primeira realidade continuou a existir, sendo que os espíritos deles (eu não sou espírita e nem acredito em reencarnação), reencarnaram neles mesmos na paralela e a partir daquele momento só os espíritos da primeira vida deles partiram, o da segunda vida continuarão sua jornada.

    • Tati

      Pra mim tudo o que aconteceu no purgatório foram simplesmente eles pagando pelos erros que cometeram. O Sawyer era um policial, o oposto do que ele foi quando esteve vivo, já que ele aplicava golpes nas pessoas. A questão do filho do Jack, acho que foi pra ele finalmente entender e poder perdoar o seu pai, exatamente como aconteceu no final e por aí vai…e eles precisavam se encontrar pra poderem seguir em frente. Alguns ainda tinham “contas a acertar” como o Ben, que não estava preparado pra ir ainda.

  • Achei maravilhoso e uma bosta ao mesmo tempo. Como pode? Bom… eu esperava um desfecho mais tradicional, com cada segredo sendo revelado. Porém, não dá pra esperar que “Lost” revele as coisas assim, de maneira tão fácil. Por isso me decepcionei um pouco. Porém, este final, com todos na igreja, e todas as cenas em que eles se tocavam e lembravam da Ilha… foi Belo, coisa de outro mundo. Pura arte na TV. Gostei e não gostei.

  • Tati

    Perfeita a sua review! Que final épico, lindo e emocionante! Adorei tudo e foi impossível não se emocionar durante o episódio. Jamais me esquecerei da emoção que eu senti quando o episódio acabou, com aquelas cenas maravilhosas deles na igreja, ao som do brilhante Michael Giacchino!

    Não liguei nem um pouco para as perguntas que não foram respondidas, porque a vida é assim mesmo. O problema é que muitas pessoas não entenderam o final, acharam que eles estavam mortos desde o começo…

    Enfim, foi tudo lindo e eu tô extremamente feliz por ter acompanhado essa série que entrou pra história da tv!

  • Luana

    Eu não consegui gostar de uma cena…. Eu AMEI todas!
    A sintonia que os atores estavam foi perfeita!! Me emocionei a cada segundo! Foram rios de lágrimas! Chorei pelos 2 principais motivos: 1) É o fim da maior série que eu já vi e convivi. 2)Foi fodástico o final.
    Eu espero que esse ano Lost ganhe seus merecidos prêmios.
    Post excelente. Resume muito do que senti pelo episódio e pelos 6 anos com Lost.

    Pena que uma obra dessa talvez daqui a uns 30 anos. Afinal, o mundo segue em frente, com novas idéias.

    See ya in another life, brotha!
    Namastê

  • guto

    Cara
    Ótima review!!
    tava aki procurando nos blogs algo q tava na minha cabeça mas eu nao conseguia explicar…
    até q eu achei sua review!
    vc disse tudo!!!
    e gostei muito da foto da igreja com varias
    fotos espalhadas
    LOST forever!!!

  • Caveira

    Durante 6 anos.. 6 ANOS! Nada do que eu pudesse ter imaginado no princípio aconteceu, minhas expectativas foram frustradas.

    Para melhor.

    O fim de LOST foi a coisa mais fantástica da história da televisão. Quem disse que os criadores não conseguiriam terminar a altura? Foram duas horas e meia de pura emoção e adrenalina.

    Chorei como um bebê quando o final chegou, LOST vai ficar gravado na minha memória como AQUELE momento. Foram malditos 6 anos de erros e acertos, mas o final foi a redenção que todos esperávamos.

  • Lu VC

    Caio

    Parabéns, pelo review. Não só por esse por mas por todas as semanas q vc escrevia seus comentários.

    Bom, pra mim graças a Deus fez sentido. Estava com medo do final,confesso. Mas não retiro o q eu disse ao longo da temporada. Por pouco eu quase perdi o “vínculo” com os personagens q eu mais amava. Mas td foi recuperado a tempo.

    O reencontro do James e da Juliet foi um dos mais emocionantes q eu já vi na tv…chorei horrores.

    Acho q lost não seria lost se simplesmente acabasse sem gerar nenhuma nova discussao. Vc viu o final dos creditos?Viu os destroços do avião?Tem mta gente achando q nada da ilha foi real por causa desse final. Coisas de lost onde o ep nunca termina qdo termina…

    Bjoss

    • Oi Lu…que bom te ver aqui no final.

      Pois é, eu vi aqueles finais sim, mas já foi desmentido né, de que foi apenas coincidência..não era ideia deles sugerirem que eles estavam mortos na ilha, apenas mostrar como tudo começou, por um acidente.

      Agora vc precisa arranjar outra série para aparecer por aqui toda semana, ehehe

      bjos

      • Lu Vc

        Tb acho q isso foi completamente desmentido, mas aqui em casa com o meu irmão isso deu um rolo…hahaha

        Então, agora com fim de lost e 24hs tenho horinhas vagas na semana para novas séries. Alias, alguma sugestão?(pouco folgada eu)rs

        bjoss

        • auhuahauha, que isso, é só em falar que estilo de série tu curte =]

  • Bruno Catini

    Admiro a coragem que os produtores tiveram ao arriscar um final desses. Os caras sabiam que se fizessem um final “espiritual” muitos fãs poderiam não gostar. Afinal, religião é uma questão delicada. Mas e daí?

    Eles conseguiram criar o season finale mais marcante da história da televisão. Quem disse que é preciso acreditar naquelas coisas para gostar daquele final? Eu não tenho religião; não acredito em céu, nem em inferno, nem em purgatório, e muito menos na Bíblia.

    Mas, ainda assim, chorei.

    Ame ou odeie, o final foi esse.

    E foi lindo SIM. ‘-‘

  • VMS

    Lost foi, é e sempre será foda. Ponto. É a melhor série já produzida na TV, e só não é a melhor atração televisiva de todos os tempos porque não se passa no México e não tem um menino que mora num bairro e que teria piripaque ao escutar a fumaça preta se aproximando. Aliás, Hurley e Nhonho poderiam ser amigos! E… pra que ficar aprisionado em uma ilha, se podemos ir para Acapulco?

  • Gregory

    Quero deixar isso postado aqui pois dentro de alguns anos espero poder reler este meu post.
    EU ODIEI O FINAL!

    Esperei as respostas, me senti enganado por Damon Lindelof. Recomendei a série por anos a todos meus amigos (e inimigos). Briguei e discuti por ela. Bati boca. Defendi e lutei por ela.

    Todo esse papo de “a série é sobre seres humanos e não sobre a ilha” que andei lendo aqui e alguns outros blogs me parece uma extrema babaquice de fã xiita.
    Me diga quem não estava desde o começo esperando pelas supostas ‘revelações’? Sem hipocrisia. Vamos lá.

    Ainda assim, EU CHOREI no fim do episódio. Achei lindo e talz e chorei. E depois fiquei me perguntando se estava chorando porque o ep tinha sido belo ou se porque a série estava acabando e eu iria sentir falta da galera da tv (também só de sacanagem não vou responder pra vocês assim como o Damon Lindelof não me respondeu o que eu queria saber).

    Mas quer saber?
    O final poderia ter sido esse SIM, desde que ele tivesse explicado as drogas das perguntas que não querem calar.

    Então, por favor, vamos por a mão na consciência e admitir que foi MEIO frustrante sim.
    Eu fui um dos maiores fãs da série e não tenho problemas ao dizer isso. Tenham a mesma coragem. É igual àquela história de quando um fulano morre e só falam coisas boas dele, isso se chama hipocrisia ou fé cega.

  • gabi

    Eu achei tudo muito engraçado. Foi tão forçado, tão patético que só rindo. Eu sou sensível, me emociono facilmente, mas achei o final de Lost risível.
    Triste… de ruim.

  • Sawyer

    Nossa, Que Série!!!!!
    Parabéns.
    Foi tudo Fantástico

  • Li vários comentários sobre os episódios de lost.Alguns desvendando os mistérios que muitos não conseguiram entender e confesso que mesmo tendo lido vários ainda não entendia esses flashsideways e o ‘purgatório’ ,mas agora lendo aqui no site entendi perfeitamente.Parabens!
    Com certeza este site será adicionado aos meus favoritos!

    • Fico muito feliz em saber que ajudei pelo menos uma pessoa a entende ro final de Lost, a série que marcou minha vida.

      Obrigado pelos elogios Raphaella. Volte sempre. =]

  • gustavocaldas

    teria sido um final bom, se nao passasse a sensação de que foi tudo mudança de ultima hora… eles praticamente disseram explicitamente que aquilo era realmente uma realidade paralela, e obviamente faria mmt mais sentido se fosse, pois so assim seria explicada a loucura de Libby no sanatório, as visões do Desmond na maquina de magnetismo do Widmore e, o principal, uma razão pra toda aquela alopração da volta no tempo. Depois que foi revelado que aquilo nao se passava de uma vida pós morte, a volta no tempo perdeu toda a finalidade..

×