Spark Fast – o navegador mais rápido do mercado

7 de outubro de 2014 Por:

Você é daqueles que abrem mil abas no navegador? Quer assistir série, navegar, tudo ao mesmo tempo? Seu navegador não tá dando conta do recado?

Recentemente fomos apresentados ao Spark Fast, um navegador que está chegando aos pouquinhos no Brasil mas que já tem bastante devotos. Ele foi desenvolvido pelo Baidu, uma empresa da China – e por lá ele já é o principal provedor de pesquisas da internet na língua, e o segundo maior do mundo.

f1

O navegador foi desenvolvido com o motor de código aberto Webkit e tem algumas vantagens exclusivas sobre os seus principais concorrentes, principalmente para nós Apaixonados por Séries: A primeira é ser compatível com o torrent, tendo atalho fácil para o seu download, assim como de outros arquivos de mídias, fotos e vídeos. O Spark, em teste de navegadores para Windows, foi o mais rápido para ser iniciado. Ele tem acesso direto a memória RAM do computador, o que faz com que você consiga abrir novas abas rapidamente. Tem compatibilidade com html5 e 100% de compatibilidade com acid 3. Não sabe bem o que é isso? Na prática, assistir séries no navegador pode se tornar uma experiência mais agradável e sem travar tanto.

E pra você ter ainda mais vontade de conhecer o Spark, eles lançaram uma promoção que mostra o quanto eles confiam na sua qualidade. O Baidu quer ouvir a sua opinião sobre o Spark e te levar pro GP de Fórmula 1 no Brasil!

Para concorrer, você pode baixar gratuitamente o Spark aqui  e depois fazer um post (público) no facebook contando como foi sua experiência. Depois é só compartilhar o link da sua postagem no portal da promoção (onde você encontra o regulamento) até o dia 26 de outubro. Quem escrever o melhor comentário ganhará um par de ingressos para ver o GP de Fórmula 1 do Brasil, no dia 9 de novembro em Interlagos e ver de perto Nico Rosberg, Lewis Hamilton e os demais pilotos em ação.

Série Favorita:

Não assiste de jeito nenhum:

Ash vs Evil Dead

1 semana atráscomentarios

Que atire a primeira pedra quem nunca assistiu ao clássico de terror trash, The Evil Dead, ou se vocês preferem o enorme título traduzido, Uma Noite Alucinante – A Morte do Demônio! O filme lançado em 1981 e dirigido por Sam Raimi (o mesmo cara que dirigiu Spider-Man), foi o primeiro de uma grande franquia e é até hoje considerado o melhor filme trash já feito. Alavancada pela avalanche de remakes e spin-offs televisivos de filmes que fizeram ou não sucesso – citando só alguns, Scream, Shadowhunters e Limitless -, Ash vs Evil Dead nada mais é do que uma continuação dos filmes da franquia Evil Dead, lançados há 30 anos. A série, transmitida pelo canal Starz, estreou em 2015 e ainda conta com Raimi na produção. Ashley […]

Leia o post completo

Maratona The O.C. – 3ª temporada

1 semana atráscomentarios

A terceira temporada é oficialmente minha favorita. Talvez eu esteja me precipitando, sem ter assistido à quarta, mas eu realmente não esperava gostar tanto da terceira. Já assisti à série inteira, mas nunca havia reprisado esta temporada, digamos que por limitações emocionais. Meu coração ficou muito traumatizado da primeira vez. É engraçado como eu não me lembrava de muita coisa (nem sei como pude apagar o casal Julie e Neil da memória), mas, ao longo das cenas, tudo fazia sentido para mim. O elenco principal estava afinadíssimo com seus personagens e entre si. Ryan (Ben McKenzie) deixou o riso frouxo em vários episódios, o que nos ajuda a crer na evolução do personagem, cada vez mais à vontade com a vida em Newport. Também conhecemos novos personagens para chacoalhar a dinâmica da […]

Leia o post completo

As séries com viagens no tempo

1 semana atráscomentarios

Como meu amigo Wander comentou quando compartilhou com a gente suas primeiras impressões de Timeless, viagens no tempo is the new black. Doctor Who é a série de ficção científica mais longa do mundo. 12 Monkeys já vai para a terceira temporada, Legends of Tomorrow já exibiu na metade da segunda. A canadense Travelers já exibiu uma temporada. Continuum durou quatro temporadas, assim como a querida Being Erica. As novatas Timeless e Frequency exibem a temporada de estreia e, com a baixa audiência, lutam pela renovação. Time After Time e Making History são outras produções do gênero com estreia marcada e garantida. Ao perceber a maioria dessas séries na minha watchlist e muitas fazendo sucesso com os telespectadores, comecei a me perguntar: Por que amamos séries com viagens no tempo? Não sei […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter