The Good Wife – Vale cada minuto!

17 de janeiro de 2010 Por:


The Good Wife é estrelado por ninguém menos que Julianna Margulies (Carol Hathaway, em ER), Christine Baranski (Dr. Beverly Hofstadter, em The Big Bang Theory) e Chris Noth (Mr. Big, em Sex and the City). A trama, envolta em mistérios, política e elementos jurídicos, conta a história de Alicia Florrick (Margulies), esposa de um promotor de justiça, Peter Florrick (Noth).

Após um escândalo sexual e de corrupção onde a figura central é seu marido, Alicia, graduada em Direito, decide começar sua carreira no campo da justiça depois que recebe um convite de seu antigo colega de faculdade, Will Gardner (Josh Charles, Sociedade dos Poetas Mortos). Com tantas histórias mal explicadas por seu marido, ela guarda muito rancor, que é semeado sempre por ódio e ao mesmo tempo por uma confusão de sentimentos bons, incluindo amor. Alicia e seus dois filhos sempre foram muito apegados ao marido e viviam uma vida perfeita no subúrbio, até que o escândalo estourou.

Com o marido sendo preso, Florrick se viu obrigada a tentar a vida de outra forma, mudando-se para a cidade. Seus filhos, após esta mudança de vida, também tiveram suas vidas completamente transformadas. Passaram a encarar um novo tipo de vida, uma nova rotina, novas situações.


Alicia Florrick se empenha sempre em resolver os casos da firma de advocacia onde trabalha, que é dirigida por Diane Lockhart (Baranski) e seus associados. Alicia, com certeza pelo excelente trabalho de Julianna, emociona, mostra caminhos alternativos para a vitória dos casos que pega para trabalhar e se mostra uma advogada nata. Apesar de ter cursado Direito, nunca havia exercido a profissão antes.

A série, inicialmente, teria 13 episódios de 40 minutos cada, porém, com o bom desempenho do elenco e com o feedback do público, a primeira temporada foi estendida para 22 episódios e já se fala em novas temporadas. Nos Estados Unidos é exibida pela CBS e segue na liderança de seu horário, que disputa com nomes como The Forgotten.


No Brasil, a série é exibida pelo Universal Channel, às 22h das segundas-feiras. The Good Wife já recebeu indicações de Melhor Atriz em Série Dramática nos prêmios Globo de Ouro, Satellite Awards e Screen Actors Guild Awards. Também já foi indicada como Melhor Série Dramática e Melhor Elenco em Série Dramática. Ouso e digo: vale a pena cada segundo!

Série Favorita:

Não assiste de jeito nenhum:

  • The Good Wife é a melhor estreia desta temporada! Amo, amo, amo! =DD

  • Caroline®

    Concordo muito, é a minha série preferida atualmente – desbancando Grey’s, que está uma @#$%&. Só pra constar, adoro o Cary e a Diane, e odeio os filhos da Alicia…

  • Eu vi o piloto quando estreou. Gostei muito, mas já na outra semana não me empolguei pra baixar. Esses dias eu tava ouvindo tanta gente falar tão bem que resolvi tentar de novo. Revi o piloto, só que de novo empaquei pra ver o 1×02. O destino não quer que eu assista a The Good Wife 😐

  • Maria

    sinceramente the good wife para mim é uma série mt medíocre e não creio que deveria contar do “vale cada minuto”

    • Maria, quantos episódios você viu?
      É a primeira vez que vejo alguém falando mal de TGW… Tem quem não goste, mas chamar de medíocre é a primeira vez. Mas, claro, respeito sua opinião.

      Eu particularmente adoro e acho uma das melhores séries da atualidade.

    • Nunca esperei ver este dia chegar, mas, chegou. A primeira pessoa que eu vejo, na minha vida, desde a estreia de The Good Wife, a falar desta forma da série, ainda com um adjetivo tão depreciado quanto esse…

      Enfim, eu gosto muito da série! =)

    • Já eu acho que é uma das melhores em exibição.

  • Eu descobri a série no ano passado e corri para acompanhar com o mundo real. A série é fantástica e fica melhor a cada dia, fato.

Desafio: você se lembra de quem foi essa declaração de amor?

1 semana atráscomentarios

Ah, o dia dos namorados. Aquele momento do ano para espalhar aos quatro cantos nosso sentimento por aquela pessoa especial, que faz o coração acelerar e as palmas da mão suarem. Aquela pessoa por quem você faria qualquer coisa, até mesmo deixar a vergonha – ou o medo – de lado para professar seu amor. Nas séries, existem muitos personagens  que não esperam data especial nenhuma para declarar seu amor, seja num momento de desespero, num pedido de casamento ou só para reforçar aquilo que o parceiro já sabe e Tom Jobim cantava aos quatro ventos: é impossível ser feliz sozinho. Você também acredita nisso e se derrete toda vez que sabe que chegou a hora de surtar, porque vai ter […]

Leia o post completo

Guia da Trilha Sonora: Scream – Season 1

2 semanas atráscomentarios

Entre os poucos pontos positivos que posso destacar em Scream, a trilha sonora fica em primeiríssimo lugar (talvez porque seja da MTV). Misturando canções atuais, dançantes e tristes, que fazem parte da vida dos jovens de Lakewood, a série soube utilizá-las para compor a história e os personagens. Assim, nada melhor do que ouvir as músicas da primeira temporada, agora disponível em uma playlist na nossa conta do Spotify!

Leia o post completo

House of Cards e a Política Brasileira

2 semanas atráscomentarios

Primeiramente, #foratemer. E se você ainda não conferiu a última temporada de House of Cards, não se preocupe, esse texto não contém spoilers, – apenas reflexões. Pra gostar de House of Cards você precisa torcer pelos Underwood. Claro, a gente sabe o quanto eles são escrotos, mas é ficção, certo? Não tem problema torcer pelos vilões. Ou pelo menos era o que pensávamos em 2013, quando a série estreou. Mas de lá pra cá a política mundial virou de ponta à cabeça. Os Estados Unidos elegeram Trump e nós tivemos Temer enfiado goela abaixo. Isso sem contar os acontecimentos dignos da ficção, como a morte de Teori Zavascki, a delação do Joesley e os testes nucleares da Coréia do Norte. […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter