Aquele em que dizemos adeus

Pra quem não sabe, o Apaixonados por Séries existe há quase dez anos. Eu e Camila…

O que esperar de 2018

Antes de mais nada, um feliz ano novo para você. Que 2018 tenha um roteiro muito…

Orphan Black – 4×08 The Redesign of Natural Objects

Por: em 5 de junho de 2016

Orphan Black – 4×08 The Redesign of Natural Objects

Por: em

Não é só Steve Rogers quem entende as referências!

E se você pensou por um momento em Orange is The New Black, já que o episódio da semana teve como um dos cenários o sistema prisional. Informo que a intenção do roteiro foi um pouco além da série produzida pela Netflix. Dos palcos pra tela, quem brilha na verdade é Alison. Interprete de Judas Iscariotes na encenação do musical Jesus Cristo Superstar. 

orphan-black-4x08-donnie

Criado em 1970 e apresentado um ano depois nos palcos da Broadway, Jesus Cristo Superstar, é um famoso musical de rock que mostra as últimas semanas da vida de Jesus. Retratando as lutas políticas e pessoais de Jesus e Judas Iscariotes. Não por acaso, a escolha da peça instiga o expectador  questionar a fidelidade de Alison. Deixando no ar a possibilidade de que talvez seja dela o papel de trair Sarah, já que Donnie corre risco de morrer na cadeia a mando dos Neolutionists. E é assim, cheio de mensagens pré-estabelecidas que Orphan Black instiga e realinha os próximos passos que serão dados com o objetivo de vingar a morte de Kendall Malone e derrubar Evie Cho do topo da cadeia da Neolution. Garantindo um episódio tenso e cheio de boas surpresas desde os constantes 7×1 vividos pelas sestras do Clone Clube.

A sensação que se tinha era que veríamos a traição de Alison, que pressionada por Duko, optaria em salvar Donnie no lugar de Sarah. E enquanto éramos mantidos em constante agonia, já que tudo caminhava para mais uma baixa na estratégia das irmãs. A forma como foi concluída a vingança pessoal de Siobhan não poderia ter sido melhor. Uma vez que, desde o dia em que Malone fora assassinada eu aguardava pela investida – que considerarei aqui apenas a primeira parte dela – da mãe de Sarah contra a Neolution.

Não bastando a excelente sequência em que descobrimos, junto com Duko, que tudo ali não passara de uma estratégia entre Manning, Alison, Art, Felix e Siobhan, o interrogatório que antecedeu à morte do corrupto policial deu alguns indícios sobre os planos de Evie, porém ainda não explicou de fato a insistência de Cho em exterminar todas as clones do Projeto Leda. O que se sabe até o momento é que tudo tem a ver com um novo conceito criado por ela, travestido com a ideia de reestruturação do genoma. E que na verdade serviria como pretexto para, como uma espécie de novo Messias, replicar novos seres a sua própria imagem.

orphan-black-4x08-siobahn

E se já nas primeiras reviews eu apostava que teríamos a reaproximação de Mika ao grupo de Sarah, foi chegado o momento. Mais que para contextualizar o Helsinki, a presença da hacker – que no início da história – serve como meio de promover o reconhecimento das clones e da Neolution. Hoje esta mesma função é desempenhada pela misteriosa Dolly sestra, mas agora com o objetivo de derrubar Evie Cho e ajudar na busca pela cura que assola as irmãs de Manning. Mais que apenas acompanhando os passos da mais nova diretora do Neolution, Mika ressurge para avisar o eminente risco que Sarah e as irmãs estão correndo. O que elas não sabem, apenas nós, é que M.K. dá os primeiros sinais da doença de Cosima o que possibilitaria ao roteiro utilizar-se desta informação para promover finalmente a morte de uma das irmãs por consequência da doença – um clássico encerramento para o sexto episódio da próxima temporada. Tirando de Cosima este papel.

Mas claro que ainda é cedo para considerar algo assim. Afinal, The Redesign of Natural Objects se propõe a falar sobre vingança e recomeços. O fato é que é que Mika se torna uma excelente aliada já que é preciso estar sempre um passo a frente da onipresente Neolution, e é graças à intervenção dela que vimos surgir a improvável parceria entre Cosima e Susan Duncan. Aproximação esta que redefine papéis na trama, dando à Susan a possibilidade de finalmente encontrar a cura – o projeto de toda a sua vida. E enquanto Cosima se dirige ao laboratório de Duncan, na ilha Monroe, Rachel se propõe a fazer o caminho inverso e se juntar a Sarah.

orphan-black-4x08-rachel

As constantes visões da filha de Susan, resultante de uma possível falha no implante ocular, ainda permanecem um mistério na trama. A única coisa que é possível concluir é que, conforme eu disse aqui, está relacionado à origem da Neolution. No entanto, o que significaria a morte do cisne? Um prelúdio ao fim de tudo? O fato é que ainda não sabemos também o que estaria promovendo a melhora de Rachel. Seria mesmo apenas a vontade de se vingar de Evie ou de encontrar de fato a cura? Na realidade, com a aparente “resposta” nas mãos de Rachel tudo pode mudar mais uma vez na linha narrativa de Orphan Black. Já que de todas as irmãs Rachel sempre se viu como superiora e apoiadora da Neolution. Mas pra confirmarmos isso será preciso continuar acompanhando a saga de Sarah e suas irmãs.


Estamos a apenas duas episódios do final da temporada, porém podemos dizer sem medo que Orphan Black retomou seu ritmo e está fazendo um ótimo trabalho até aqui. E você, o que achou do episódio? Não deixa de dividir aqui embaixo comigo e nos vemos na próxima review.


Marcel Sampar

Paulista que puxa o erre pra falar, PHD em Análise do Drama pelas novelas mexicanas reprisadas no SBT e designer de homens palito. Com sérios problemas em se definir por aqui - sim, esta já é minha terceira tentativa em menos de um mês - mas que um dia chega lá!

Rio Preto/SP

Série Favorita: Sex and the City

Não assiste de jeito nenhum: Teen Wolf

×