11.22.63

Assisti ao piloto de 11.22.63, do Hulu, sem grandes expectativas, muito mais para escrever o post…

When Calls The Heart

When Calls The Heart é mais uma produção da Hallmark Channel que possui 4 temporadas já…

Alexis Bledel fala sobre o impacto de The Handmaid’s Tale e vitória no Emmy

Por: em 11 de setembro de 2017

Alexis Bledel fala sobre o impacto de The Handmaid’s Tale e vitória no Emmy

Por: em

E o Emmy de Melhor Atriz Convidada de drama é de Alexis Bledel, que emocionou todo mundo em seu discurso de vitória, pelo papel de Emily/Ofglen em The Handmaid’s Tale. Ela aproveitou o momento em cima do palco não só para agradecer a todos que a ajudaram a chegar até lá, mas também falar sobre a campanha da série em parceria com o Change.Org, que ela disse ter sido feita para “nos encorajar a fazer algo… assine, tenha uma voz e permaneça alerta”.

Na série, a personagem de Alexis é uma mulher que se revolta contra o regime opressor em que vive – o mesmo que matou sua esposa – e participa de um grupo secreto de resistência, o Mayday. A distopia produzida pelo Hulu é baseada na história escrita por Margaret AtwoodO Conto de aia, que mostra um mundo teocrático em que as mulheres são exploradas sexualmente e não têm nenhuma autonomia na sociedade. Sua participação na série foi tão bem recebida que a atriz já foi garantida como parte do elenco regular da segunda temporada, que deve estrear apenas em 2018.

Divulgação/Hulu

Em seu discurso de aceitação do prêmio, Bledel agradeceu à “magnífica Ann Dowd [tia Lydia]” e também a Bruce Miller, produtor e roteirista, que “escreveu um personagem que demonstra tanta força em meio a esta devastação e sugeriu que eu a vivesse”. A atriz também não poderia deixar de citar Elisabeth Moss, colega de elenco que é produtora da série e indicada ao Emmy de melhor atriz de drama, que teve um papel definitivo na escalação da personagem. “Obrigada Elisabeth Moss por me receber para fazer parte deste trabalho maravilhoso.”

Sobre o impacto da série, Alexis disse que “é algo realmente incrível quando nós conseguimos acender discussões” e, quando perguntada sobre o que mais a afetou pessoalmente, falou que “eu certamente tenho ouvido muito sobre o assunto [liberdade da mulher] e estado bem engajada nesta mudança. Amo que minha personagem é tão forte mesmo encarando tantas adversidades. Eu não posso mais esperar pra voltar ao trabalho e vivê-la novamente”.


A série teve 13 indicações ao Emmy, levou 3 prêmios nas categorias técnicas e concorre a muitos outros na cerimônia principal, que acontecerá no próximo domingo. O que muita gente não sabe é que ela foi oferecida à Netflix, que rejeitou o projeto antes do Hulu aceitá-lo.


Renata Vivan

Curiosa por natureza. Chata por vocação. Social media por paixão. Designer de Interiores em formação por inquietação Viciada em séries e novela por culpa da prima que a largava na frente da TV para poder namorar.

Palhoça/SC

Série Favorita: One Tree Hill

Não assiste de jeito nenhum: The Walking Dead

  • Amanda ♐️

    Amei que ela ganhou, amei que ela evoluiu tanto como atriz e tenha feito um trabalho tão superior ao resto de sua carreira. Espero também que ela continue fazendo papéis que a fazem tão feliz, que mostrem seu potencia e que continue a ganhar prêmios por eles. Pois é realmente gratificante ver a diferença do posicionamento dela em relação a The Handmaid’s Tale (ela parece bem mais confortavel, incluida e animada, diferentemente dos seus outros trabalhos onde ela parecia deslocada e com ares de que “não queria estar aqui” hahaha) para seus demais trabalhos. Uma rápida do correção: nem esposa dela, nem o filho dela morreram, ambos conseguiram fugir para o Canadá pois possuiam passaportes.

    • Renata Carneiro

      Concordo com todas as suas ponderações, Amanda! Ela tá super segura e inserida, mandou muito bem! Feliz pelo prêmio da nossa eterna Rory! 🙂

×