RuPaul’s Drag Race – 9×01 Oh. My. Gaga!

25 de março de 2017 Por:

RuPaul’s Drag Race chega à sua nona temporada completamente diferente daquele embaçado primeiro ano. Em uma nova emissora – com transmissão ao vivo pela internet para o mundo inteiro –  com uma produção muito mais caprichada, um Emmy de melhor apresentador e a participação especial de Lady Gaga, está mais que claro que o programa alcançou maturidade e status de fenômeno mundial.

Vamos às primeiras impressões! O elenco desta temporada é quase tão diversificado quanto o de Orange is the New Black. Temos representantes de várias idades, tamanhos, cores e, principalmente, de vários estilos.  A própria Drag Race foi, ao longo dos anos, educando sua audiência para mostrar que o conceito de Drag não cabe numa caixinha, e que pode ser o que o artista alcançar fazer com seu talento.  O lado ruim disso é que parece que todas as novas participantes são alguma versão de algo que já vimos nas temporadas anteriores. Até a originalidade já é familiar, mas quem disse que a gente precisa de uma reinvenção da roda para ter um bom reality show?

Particularmente, fiquei meio preocupada conforme as Queens se apresentavam, porque o primeiro look de todas elas parecia bem abaixo do nível que o programa já exige. Algumas maquiagens muito grosseiras, perucas mal colocadas, acabamentos ruins. Mas a química foi tão boa logo de cara, que já dá pra ter certeza de que essa temporada vai render. Afinal, uma temporada que começa com a Lady Gaga de “infiltrada” não tem como dar errado!

A participação de Gaga, aliás, deveria ser tomada como exemplo para todo reality show ou série que deseja fazer um tributo. Ela interagiu com as queens, ouviu desabafos, deu apoio moral e foi uma das melhores juradas convidadas que já passaram pelo programa.  Ela interagiu muito bem com a bancada, fez comentários precisos sem ser grosseira, foi super sensível ao analisar o lado artístico dos looks inspirados nela e ainda mostrou um timing impecável de humor. Tudo isso, por incrível que pareça, sem ofuscar as verdadeiras estrelas do programa – as competidoras.

E se os primeiros looks pareceram meio mal acabados, o que elas apresentaram na runway foi completamente diferente. Produções muito superiores, com conceito, boas referências, boa execução e desfiles cheios de personalidade. O desafio era representar a cidade natal no primeiro look, e um figurino icônico de Lady Gaga no segundo. Nem todas foram bem, e certamente se não fosse pelo plot twist de não eliminar ninguém, Jaymes Mansfield iria para casa com seus fantoches. Por outro lado, Valentina, Sasha Velour e Nina Bo’Nina Brown fizeram desfiles memoráveis e deixaram claras as suas personalidades na passarela. Eu daria a faixa para Sasha porque achei a execução dela bem mais limpa que a de Nina (apesar do conceito da segunda ser melhor). No Untucked dava pra ver os fiapos de cola quente pendurados na cabeça de Nina – o que pode ser apontado mais pra frente, se a disputa ficar acirrada. Se Nina Bo’Nina tivesse as habilidades de maquiagem de Kim Chi, diria que a coroa já seria dela.

Sem um bottom 3 ou uma batalha de lip sync, o Untucked parecia que teria um clima pacífico. Não faltaram frases feitas como “todas somos vencedoras por estarmos aqui”, “Muito difícil pensar que alguém vai embora um dia”, “minha maior adversária sou eu mesma”, além de histórias sobre família e cirurgias plásticas. Ok, fofo. Mas Eureka foi a primeira a puxar a polêmica de apontar quem elas achavam que estaria em um bottom 2 – se ele tivesse acontecido. A entrada de Lady Gaga na sala foi outro momento super sensível e bonito, em que ela deu dicas específicas para cada uma nos próximos desafios. Sério, coloquem essa mulher como jurada fixa porque ela é maravilhosa demais!

Precisamos também falar de Mama Ru, ou melhor, da sua versão RuPaul Charles, que apresentou o programa inteiro com um terninho amarelo, e não “montada” como tradicionalmente. Já faz algum tempo que Ru tem sido um apresentador menos efusivo que nas primeiras temporadas. Foi com esse estilo que conquistou seu primeiro Emmy (que não recebeu de Drag, aliás), e, já que deu certo, foi com esse estilo que voltou na nona temporada. É claro que ainda veremos muito da RuPaul com seus looks incríveis (agora maquiada pela Raven), mas já começam a aparecer os sinais de que, assim como a  Drag Race atingiu um patamar diferente, RuPaul também.

Algumas observações:

-Gente, rir da piada de Zika da Michelle é passagem direta pro inferno, vocês sabem, né? Encontro todo mundo lá! o/

– Lady Gaga fazendo referência à Pearl. Como não amar?

– Eureka recebeu bastante tempo na edição, além de ter entrado no top 3 da semana. Será que é uma das finalistas?

– Quem nasceu pra fantochinho nunca será Ornacia.

– Meu top 3 até então: Sasha, Valentina e Nina. Bottom 3: Jaymes, Aja e Shea. E o seu?

– Afinal, quem é a última Queen a entrar na competição?

E você, o que achou das novas queens? Quais são as suas apostas para a temporada? Deixe seu comentário e até semana que vem!

Jornalistatriz, viajante, feminista e apaixonada por séries, pole dance e musicais.

Rio de Janeiro / RJ

Série Favorita: Homeland

Não assiste de jeito nenhum: Two and a Half Men

  • Lorena Guimarães Dias

    Amei a Lady GaGa como jurada, já quero que a Rupaul a chame para a próxima temporada, quanto a queen misteriosa, diz os rumores que é a Laila McCqueen, será???

    • Laís Rangel

      Eu achei muito magrinha e pequena pra ser a Laila… Acho q é a Cucu ahahah esqueci o nome dela xD

      • Jennifer

        Cynthia Lee Fontaine é o nome da Cucu xD E também acho que seja ela a queen misteriosa

  • Lorena Guimarães Dias

    Bem eu amei o estilo da Nina Bonina, de todas as queens foi a que eu achei mais diferente, a Farrah eu achei muito barbiezinha na caixa, até de out of drag, Kimora Blac deu a impressão que vai ser muito “vilanzinha”, a Aja lembra muito Naomi Smalls, só que com mais pano, a Eureka é uma baita big girl estilosa, já foi mostrando que é uma forte competidora. As outras ainda não dá pra dizer alguma coisa. Mas teve algo que senti falta no primeiro episódio: quando as queens começam a se desmontar e revelar como são por debaixo da maquiagem e da peruca, e admirando as drags como boy(só alguns são bonitinhos) eu adoro esse momento, mas vou esperar a próxima.

    • Laís Rangel

      Oi, Lorena! Eu achei o estilo da Nina genial, só acho que ela ainda precisa melhorar a execução, ser mais polida. Farrah parece ser a fofa q vai ser arrastada pela temporada só pq é bonita. Claro q ela pode crescer ao longo da temporada e merecer o destaque…
      Kimora, Aja e a rival da Eureka têm potencial pra vilãs…
      Obrigada pelo comentário!

  • Leonardo Victor

    Como esperei esse review haha
    Adorei o elenco, venho lambendo elas desde a revelação, em especial Charlie que não aparecia nos rumores. Melhor look de Gaga foi o dela, por sinal. Não gostei da Nina ter ganhado, acho que a Sasha imprimiu mais personalidade na runway e tem uma singularidade menos questionável (tenho medo de ter pesadelo com algumas makes da Nina que vejo no Instagram). Jaymes to morrendo de decepção com essa vadia, ela foi a melhor no MTQ e torcia pro povo que já duvidava da bicha se tapar com ela, mas a própria não tá ajudando…
    Não concordo com Shea no Bottom 3, colocaria Kimora no lugar, pq a mana só fez merda.
    Pra mim:
    Top 3: Sasha, Valentina e Nina
    Bottom 3: Jaymes, Kimora e Aja.

    • Laís Rangel

      Oi, Leonardo!
      Nina realmente tem uns looks bem… polêmicos ahahaha Tendo a torcer mais pela Sasha também, mas ainda não vou fechar a conta, vamos ver os próximos episódios.
      Jaymes me desagradou em tudo. É ruim na passarela, é planta e não tem o menor timing para humor. Tomara que saia antes do Snatch Game pra não estragar a brincadeira ahahaha
      Eu fiquei em dúvida se botava a Shea ou a Kimora no meu bottom 3, achei as duas mais fracas q as demais, mas acabei deixando Kimora de fora pq acho que ela tem mais potencial para entretenimento na edição, mas de fato os looks foram bem ruins.
      Muito obrigada pelo seu comentário!

  • Bruno Granado

    Eu não entendi por que todos amaram tanto a o look Gaga da Tina, porque achei bem diferente do original, a cor da peruca e detalhes do vestido eram bem diferentes.

    Eu não peguei a referência à Pearl.

    Achei as montagens em geral muito boas, mas as makes não consegui gostar da maioria. Não sei se não tiveram tempo para fazê-lo, mas achei bem frustante. Valentina, Nina, Eureka, Sasha e Alexis foram as únicas boas neste quesito pra mim, com o detalhe que Valentina e Eureka colocaram óculos depois com umas saída fácil pra não mexerem na maquiagem, fora o tecido da Nina. Então… rs

    • Laís Rangel

      Oi, Bruno! Acho que o que dez a Valentina se destacar foi a forma como ela captou a personalidade daquele look e reproduziu na passarela. Assim como a Sasha também. Mais que uma réplica, elas mostraram que compreenderam o que estavam vestindo, por isso se destacaram. Já a Nina se destacou por fazer uma releitura muito inteligente do look.

      A referência à Pearl foi quando ela perguntou “tem alguma coisa na minha cara?”, uma citação à resposta malcriada da Pearl pra Ru na workroom.

      Maquiagem e perucas achei ruins, mas já deu pra ver que elas são talentosas e têm cabeças pensantes, criativas. Isso é suficiente para manter o nível alto na temporada, mas não para uma winner, né? Então, espero que sigam a dica da Gaga “You betta wooork!”

      Obrigada pelo comentário!

    • Lorena Guimarães Dias

      Sasha Velour quando apresenta seu look Lady GaGa do clipe Aplause(a sua cara aparece borrada de tinta), a mother monster diz ” that’s something on my face”, que é bordão da Pearl. Entendeu?

    • Bruno Granado

      Tendeu gente!!! Pearl sendo parafraseada, ‘menageada na camiseta da Shea… tá se destacando mais que outras queens da própria temporada. huaua

      Bom, não concordo sobre a Valentina captar a personalidade, até porque fui pesquisar sobre o dia que a Gaga vestiu o look e pareceu bem mais agressivo e de afirmação sua aparição do que a forma leve e descontraída como a Valentina desfilou, enfim, quem sou eu pra discordar da própria Gaga que validou o troço né? kkkkk

  • Laíssssss, Texto maravilhoso e me ajudando a relembrar o nome das novas queens rs!
    Fico feliz em saber que o reality está longe de perder sua essência e força, e com a participação de Gaga então <3

    Acho que teremos uma boa temporada e com candidatas fortes, mas tive a impressão de que a season 8 tinha um elenco mais carismático. Por hora fico com Nina Bonina Brown, Valentina e Sasha. E sobre a volta dos que não foram, também apostaria no retorno de Cucu, já que MammaRu adora seguir a linha "Gugu de Volta pra Minha Terra" e trazer dramão por um pouco de ibope shaaaaaade

    Jayme, me ajuda a te ajudar e faz a Adore em All Star! Nunca te pedi tanto. Se bem que se for pra ficar, já pode fazer cosplay de Mary Sanderson em Abracadabra <3 HAHAHAHHAHA

    • Laís Rangel

      Oi, Marcel!! =D
      Obrigada, na verdade mesma ainda não consegui decorar o nome de todo mundo ahahahah xD
      O elenco da season 8 era maravilhoso, mas elas eram muito fofas. Acho que esse elenco tem mais inclinação para tretas e conflitos, e isso me deixa animada hehehe
      Jayme mal entrou e já acho que está fazendo hora extra. Que pessoa mais perdida…
      Bjjs! Espero te ver por aqui semana que vem ^^

  • Bruno D Rangel

    Acho que os spoilers estão certos e deve ser a Cynthia mesmo que está retornando. Apesar de gostar dela, não a vejo como uma forte concorrente. Acredito que outras mereciam mais esse retorno, com chances de ganhar, como Milk, Max, Thorgy, Ivy, Gia.

    Fora isso, as que eu mais gostei foram Farrah, Alexis (acredito que não irão muito longe) e Peppermint. Mas as melhores achei Nina, Valentina e Charlie.
    As que não gostei foram Kimora e Eureka e as piores Jaymes (óbvio), Aja e Trinity.
    Aja tem cara de que vai ser a arrastada pelo programa.

1 Contra Todos

1 semana atráscomentarios

Com a lei de incentivo à produção nacional, várias produções poderiam sair do papel. Muitas delas não têm a menor pretensão de introduzirem uma ideia nova ou em mesmo de fazer sucesso. É por isso que uma série estoura na medida em que 1 Contra Todos fez, a gente tem que prestar atenção e dar os louros. Cadu (Júlio Andrade) é um advogado de Taubaté que será pai pela segunda vez, mas perde o emprego devido seus princípios éticos. Para piorar sua situação, é injustamente preso ao ser confundido com o Doutor do Crime, maior traficante do país. Para tentar sobreviver, e com o apoio de sua esposa Malu (Julia Ianina), ele decide se passar pelo criminoso como única forma […]

Leia o post completo

Queens que merecem redenção em RuPaul’s Drag Race: All Stars – Parte 2

1 semana atráscomentarios

Comemorando que RuPaul’s Drag Race acaba de conquistar o Emmy de Melhor Apresentador de Reality, Melhor Edição de Fotografia e Melhor Figurino (pelo episódio: Oh! My! Gaga!), além da VH1 não perder tempo em agendar a próxima edição All Stars para Janeiro de 2018 (está quase chegando!), em breve teremos a lista oficial das queens que estarão retornando para brigar por um lugar no Hall Of Fame do programa e ter a oportunidade de reescrever parte da sua história na competição. Assim como na primeira parte desse especial, eis aqui uma outra lista de participantes que não conseguiram atingir seu potencial e chegar longe na competição. Então, shall we begin? Trixie Mattel – Temporada 7 (Top 6) Oh honey! Quem não […]

Leia o post completo

Stephen King na televisão

1 semana atráscomentarios

Stephen Edwin King sem dúvida alguma é um (se não for “o”) maior escritor de terror e suspense de todos os tempos. Nascido em Portland, no estado de Maine, cenário da maioria das suas histórias, em 21 de setembro de 1947, teve uma infância complicada, tendo seu pai abandonado a família quando ainda tinha dois anos, e testemunhou um acidente com a morte de um amigo. Já escrevia desde criança, e vendia suas histórias aos amigos. Estudou inglês na Universidade do Maine, casou-se com Tabitha Spruce, em 1971, e lecionou sua formação em Hampden, enquanto isso escrevia para revistas masculinas. Teve problemas com álcool, e em 1999 sofreu um acidente sério, em que foi atropelado enquanto caminhava aos arredores de […]

Leia o post completo

Siga as nossas redes sociais e fique sempre conectado:

Assine nossa newsletter